Galaga Wars Android

3.4.2.1054

Galaga Wars nos coloca diante uma revisão de um clássico com sabor bem moderno. O pai dos bullet hell está de volta desta vez nos dispositivos Android

9/10 (2 Votos)

Faz 30 anos atrás, quando tudo isto era campo, os shoot-em-up eram os gêneros mais jogados nos consoles e arcades. Tem vários que tiveram sucesso como Space Invaders, Galaxian e sua sequência, Galaga, só por falar alguns exemplos. Estamos falando deste último, que voltou com muita força nos celulares com o nome Galaga Wars.

Galaga Wars é a nova encarnação de um grande clássico.

Estamos diante de um jogo que oferece justamente o que promete: hordas de aliens para detonar cada um com um tiro limpo, tentando que eles não acabem primeiro com a gente, senão a partida acabou. Até aqui tudo bem, a coisa melhora quando reparamos que, à medida que formos avançando de nível, há certas características dos bullet hell que deram um pulo na versão moderna. Mas falemos do gameplay

Boa sorte se tentar parar de jogar

Assim que abrimos o jogo aparece uma mensagem que diz “pressione para começar”. Mas nosso conselho seria você não pressionar, porque estamos diante de um jogo altamente viciante. A jogatina é tão simples quanto manter o dedo grudado na tela e movê-lo entre ela, e detonar todos os inimigos é tão prazeroso que custa muito parar. Talvez quando eles matem a gente, ou não.

Confira algumas das características:

  • Gameplay altamente viciante e prazeroso.
  • Um clássico do passado com gráficos deste século.
  • Controles simples.
  • Novas naves para desbloquear com compras in-app.
  • Continuar ou dobrar as recompensas assistindo anúncios.
  • Ação ao longo de 11 níveis.

Galaga Wars aponta a que muitos gamers não consigam desgrudar do seu Android. Pode que seja o jogo mais divertido que já tivemos o prazer de testar nos últimos meses, realmente vale a pena conferir.

Requisitos e informação adicional:
Arturo Baca
Arturo Baca
BANDAI NAMCO
Há mais de um ano
Este ano
50 MB

Gostamos de ouvir o que você tem a dizer. Por favor, deixe seu comentário.

Desconectado

Desconectado